Amianto

Representando as vítimas do amianto, substância tóxica, altamente cancerígena, presente em materiais de construção e hoje proibida em várias partes do mundo, o Escritório Leonardo Amarante tem conseguido indenizações em valores que chegam a R$ 500 mil. O escritório representa cerca de 300 vítimas do amianto, prestando assessoria jurídica à Abrea – Associação nacional que reúne as vítimas.