Amianto

O TRT-Rio condenou Asberit e Teadit a indenizar em R$ 3 milhões a família de uma ex-funcionária, informa o advogado Leonardo Amarante. Ela morreu em 2000, aos 55 anos, de asbestose, doença causada pela exposição ao amianto. O acórdão confirmou decisão de 2ª instância. As empresas pagarão multa de 1%, por tentarem protelar a sentença. Cabe recurso ao TST.